Na última semana, durante os dias em que fiquei em São Paulo, tive a oportunidade de conhecer um dos mais famosos cartões postais da cidade, o Theatro Municipal de São Paulo. Um mergulho na história e cultura desse monumento da cidade paulista.

Na visita guiada, o visitante tem a oportunidade de conhecer e se familiarizar com os mais importantes espaços do Theatro. Ainda do lado de fora, na fachada, as esculturas no prédio fazem referência a cultura greco-romana. Os dois homens que carregam o Theatro nas costas são Atlas e Hércules, e as três mulheres que ficam no topo são o drama que simbolizam a fama, a verdade e a paixão.  

(Foto: Ricardo Kleine)

No hall de entrada o destaque são as lindas escadarias. Um espetáculo aos olhos do visitante. O Salão Nobre era o local onde aconteciam as grandes festas do Theatro. Nele, os famosos bailes de carnaval paulistanos agitavam a noite na cidade. As pinturas do grande Oscar Pereira da Silva também se encontram no salão e são fantásticas. 

(Foto: Ricardo Kleine)

Na Sala de Concertos, muito requinte. Na época da sua construção, cada seção foi pensada para uma posição social diferente, isso é percebido pela divisão dos espaços e assentos. Os ricos e barões ficavam no balcão nobre e camarotes e os imigrantes e trabalhadores nas galerias. Atualmente não existe mais essa diferenciação, todos podem frequentar o espaço e comprar seus assentos onde quiser. Outro detalhe incrível da sala é a acústica. Assistir a um concerto de ópera, ou espetáculo de balé deve ser uma experiência única.

(Foto: Ricardo Kleine)

Por fim, embaixo da sala de concertos, o salão dos arcos, que a base estrutural do Theatro. Uma das peculiaridades desse pedaço é a liga dos enormes arcos que é feita de areia, conchas trituradas e óleo de baleia, método de construção bastante utilizado na época em que o Theatro foi feito.

(Foto: Ricardo Kleine)

Se você ainda não conhece o Theatro Municipal de São Paulo, eu faço aqui o convite para você vivenciar essa experiência. A visita guiada acontece de quarta à sexta-feira, nos horários: 11h, 13h, 15h e 17h. E aos sábados: 14h e 15h. A entrada é gratuita. O local é seguro, dá pra ir e voltar de táxi com bastante tranquilidade. Há um restaurante que faz parte do Theatro onde você pode experimentar um ótimo café. A visita guiada dura aproximadamente uma hora, e olha, nesse pouco tempo você se sente teletransportado para o início do século passado onde os grandes artistas nacionais e internacionais passaram por ali. Fantástico! 

 

Para mais informações, você pode acessar o site http://theatromunicipal.org.br