Paris é uma das cidades mais queridas e conhecidas do mundo. Muitos de nós já fomos lá inúmeras vezes e em cada nova oportunidade há aquela vontade de se surpreender mais uma vez. E nós temos uma ótima dica para você!

Em nossa PressTrip pela Cidade Luz, conhecemos o projeto Meia Noite em Paris by Bike. É uma iniciativa da brasileira Fernanda Hinke que, há alguns anos mudou-se para Paris e, atualmente, realiza passeios noturnos de bicicleta com grupos de brasileiros. Ela apresenta o melhor da capital francesa a partir de uma visão que só a experiência sobre duas rodas pode proporcionar.

O passeio acontece às quintas e aos domingos, das 21 às 0h de outubro a abril e das 22h à 1h de maio a setembro, em turmas com cerca de 20 pessoas. O trajeto, de cerca de 15km, é iniciado em uma das ilhas de Paris, a Île Saint-Louis, que não tem monumentos e é a região que mais concentra moradias. Esse começo é excelente para quem quer observar a real rotina do parisiense. Passamos entre ruazinhas movimentadas por bares e restaurantes e outros pontos de encontro, mantenha a atenção no guidão, mas não deixe de prestar atenção no movimento que, para o cidadão francês, é apenas a rotina. Vale a pena depois voltar na Ilha de São Luiz para tomar um sorvete.


 

Passamos por Notre Dame e não deixamos de pisar no Marco Zero que está logo à frente da catedral. Diz uma lenda antiga que, quem pisa neste marco, certamente voltará à cidade. É melhor garantir! Notre Dame já está na segunda ilha de Paris, a Île de la Cité, onde se concentram muitos órgãos governamentais.

O melhor desse passeio é a companhia da Fernanda, que já faz esse trabalho de guia há bastante tempo e tem muito conhecimento sobre Paris, e o fato de desfrutarmos de uma das cidades mais movimentadas do mundo quando o fluxo de pessoas é o mínimo possível. As fotos ficam ótimas e a sensação de liberdade na bicicleta é incrível.

 

Dentre os outros pontos que passamos estão a sede da Prefeitura; a antiga residência oficial dos reis da França (antes de mudarem para o Louvre); a Ponte Neuf; a Biblioteca Mazzarine; a antiga ponte dos cadeados; o Museu D’Orsay. Após a parada no museu, seguimos pela margem do rio Sena à Torre Eiffel, onde fizemos um brinde com Champanhe que é oferecido à todas as turmas do passeio. Passear por Paris de bike conhecendo melhor a cidade, como diz a Fernanda, “é uma experiência que faz nos sentirmos íntimos da cidade”.


 
 

Os motoristas de automóveis são bastante cautelosos e os pedestres e ciclistas tem prioridade no trânsito. Além de que a cidade é toda preparada com ciclovias e bastante arborizada, especialmente nas áreas das ciclofaixas.

Passamos também pela Ponte Alexandre III, pela Praça da Concórdia e finalizamos o passeio no Louvre, cuja visão noturna é algo imprescidivel. Em todos esses pontos há paradas para explicações e fotos.

Retornamos ao ponto de partida para devolução das bikes e despedida da turma que, ao final do passeio, já está bastante integrada.

Siga o projeto Meia Noite em Paris by Bike no instagram @meianoiteemparispasseios. Para agendar seu passeio, basta fazer a reserva pelo site https://www.minhaviagemparis.com.br ou pelo https://meianoiteemparis.com.br. Os seguidores da VemTambém ganham desconto! Antes de fazer a reserva, escreva para [email protected] e se identifique como nosso leitor. Um ótimo passeio!