Pequenos negócios, integrantes do trade turístico da capital cearense, estão sendo beneficiados com ações de capacitação e consultorias desenvolvidas pelo Sebrae/CE como parte do Programa Investe Turismo. O Programa é uma iniciativa do Sebrae Nacional, Ministério do Turismo e Embratur, tendo como parceiros no Ceará a unidade estadual do Sebrae e as secretarias estadual e municipal de turismo.

 

Em todo o país o Investe Turismo possui investimentos da ordem de R$ 200 milhões em 30 rotas turísticas estratégicas, com o intuito de acelerar o desenvolvimento, gerar empregos e aumentar a qualidade e competitividade dos destinos escolhidos. Para isso, o programa está estruturado em quatro linhas de ação: fortalecimento da governança; melhoria dos serviços e atrativos turísticos; marketing turístico e apoio à comercialização e atração de investimentos; e facilitação do acesso a serviços financeiros.

 

A participação do Sebrae é focada, principalmente, na capacitação e fortalecimento dos pequenos negócios do segmento. De acordo com a gestora de turismo do Sebrae em Fortaleza, Evelyne Tabosa, até o momento, as ações do programa na capital têm tido como público-alvo prioritário empresas ligadas a atividades como meios de hospedagem e de alimentação, agências de viagem e guias de turismo, empresas de turismo de aventura, de eventos, artesãos, além dos pequenos negócios que funcionam no Centro das Tapioqueiras, em Messejana.

 

Estes empreendedores, segundo a gestora do Sebrae, têm sido beneficiados com consultorias e capacitações, como oficinas, seminários, palestras, além de ações de acesso ao mercado, como a participação em feiras e eventos. “O papel do Sebrae no programa é, justamente, ajudar a melhorar a qualidade dos produtos e serviços e consequentemente aumentar a competitividade destes pequenos negócios, contribuindo para fortalecer este segmento que é tão importante para a geração de emprego e renda na capital cearense”, afirmou Evelyne.

 

Um dos beneficiados pelo programa é Aldemir Leite, proprietário do Hotel Meireles e presidente da Associação de Meios de Hospedagem e Turismo (AMHT). De acordo com ele, o programa tem sido muito importante para os empreendedores, principalmente pelas mudanças constantes que o segmento do turismo vem passando. “Tanto como empresário quanto como presidente da AMHT, noto uma preocupação cada vez maior dos empresários de hospedagem em buscarem se reciclar, de buscar conhecimento, e o programa tem propiciado isso. Temos conseguido cursos e consultorias em áreas como inovação, tecnologia, marketing, estratégias de vendas, o que tem sido fundamental em um período em que os empresários estão com o dinheiro curto”.

 

Além das ações na área empresarial, o programa também tem buscado fortalecer a governança local, por meio de capacitações para as lideranças do trade turístico, em especial os representantes de associações empresariais que estão tendo a oportunidade de participar do programa Liderar do Sebrae. “O programa trabalha as competências necessárias para a atuação do líder no ambiente de negócios e no seu território. A ideia é preparar estas lideranças para que elas possam ter um papel de destaque no fortalecimento desta governança local e no diálogo com as esferas públicas e privadas visando a construção de um cenário cada vez mais favorável para a atividade turística em nossa capital”, afirmou Evelyne. 

 

Fonte: Asscom Sebrae Ceará