Imagina o quão chato é você se planejar para fazer aquela viagem que tanto sonha e ao chegar no destino, ainda no aeroporto, ser mandado de volta pra casa. Chato, né? Mas isso pode ser evitado e nós explicamos como.

Algumas pessoas não sabem, mas alguns lugares exigem que os brasileiros desembarquem no país imunizados contra determinadas doenças. A vacinação antes de viajar é especialmente recomendada às pessoas que planejam ir para países que passaram por epidemias de doenças como febre amarela.

A febre amarela é uma vacina obrigatória para o visitante que deseja desembarcar em países como Benin, Argélia, Burkina Faso, Zaire, Gana, Eritreia, Camarões, Guiana, Congo, Mali, Níger, Libéria, Senegal, República Centro-Africana, Togo, Ruanda, Zaire e Senegal. A falta de um certificado de imunização contra a infecção transmitida pela picada do mosquito pode causar transtornos e até impedir o carimbo no passaporte. Para a Europa e Estados Unidos não é necessário o certificado.

Há também as vacinas recomendadas que são aquelas que imunizam contra uma variedade de infecções e cujo risco pode aumentar durante a viagem. Exemplo: meningite em algumas regiões da África e a poliomielite na Ásia. No continente americano a Organização Mundial de Saúde recomenda a vacina contra a febre amarela nos países do mapa a seguir.

O que acontece com bastante frequência é que, 40% das pessoas que vão visitar outro país chegam a procurar orientação de profissionais de saúde momentos antes de embarcar no avião ou pegar a estrada, segundo dados do Conselho Europeu de Assessoria em Saúde de Viagem. E 20% só marcam consultas com o médico quando falta menos de 14 dias para fazer as malas — pior ainda, menos de 10% estão com a carteirinha de vacinação atualizada.

A Lara Maia, médica que atende na clínica Imunize, em Fortaleza, aconselha “é necessário visitar um especialista com mais de um mês de antecedência para conseguir se organizar e tomar as vacinas que estão faltando. Até porque algumas delas levam semanas para gerar a proteção desejada”. Portanto, faça o planejamento da sua viagem meses antes e procure um médico para colocar as doses imunizantes em dia. Afinal, sua saúde agradece e você poderá curtir suas aventuras protegido.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) mantém um site com orientações completas sobre cada país. Confira no site https://viajante.anvisa.gov.br/viajante/.