Dessa vez levarei apenas o necessário. Nem precisarei despachar…” - A gente conhece muito bem essa frase! E sabe melhor ainda que tal hora você estará no meio do aeroporto suando frio sem saber o que fazer com pouco espaço e muita coisa. E o que é pior: com muito peso para distribuir.

 

Mas a gente te ajuda!

 

  • Se você está viajando com filhos, algumas companhias aéreas não cobram bagagem de 23kg para crianças de até dois anos. Melhor informa-se para quem sabe, ganhar esse plus. Sobre os carrinhos, contendo uma peça apenas, poderão ser despachados.
  • Atenção ao peso da sua mala vazia. Muitas delas já pesam mais de 5kg e isso te prejudica. Então, prefira malas mais leves.
  • Esteja atento ao tamanho da bagagem de mão. Com a nova legislação, elas podem ser maiores e mais pesadas.
  • Tanto para bagagem de mão, quanto para as despachadas, há companhias que aplicam 1kg a mais de tolerância. Mais uma vez: esse diálogo com a companhia é de vital importância. Cada grama conta!
  • Contate sua companhia aérea e explore todas as possibilidades. Você sabia que a bagagem de mão pode ser despachada? É permitido que o passageiro porte uma mala de mão e uma mochila. Você despacha sua “mala de mão” e fica com a mochila, eletrônicos e itens mais emergenciais.
  • Casacos pesados... Hum, que tal levar só um e já no corpo? Quando não estiver dentro do avião, você pode carregá-lo no braço. Já são espaço e peso otimizados.
  • Caso sua viagem seja longa, opte por comprar itens de uso pessoal no seu local de destino.
  • Reduza os sapatos! Lave suas roupas – e para isso, prefira roupas dry-fit, que são leves e fáceis de lavar! Outra dica para o outfit são peças dupla face como cintos. São duas pelo peso e espaço de uma.
  • Se for despachar bagagem, decida isso com antecedência e já compre pela internet. Geralmente, esse planejamento gera uma boa economia. Otimize também seus gastos!
  • Tenha uma balança sempre à mão. Especialmente para os viajantes frequentes, esse é um investimento que vale muito a pena!

 

Por hoje é isso. Se você tem outras dicas, não deixe de compartilhar conosco. Afinal, fazer a mala é sempre fazer mágica. Boa viagem e até a próxima!